Tratamentos

A Quem se Destina


Indicados para quem tem o desejo de evoluir, se estabilizar ou se fortalecer, nos casos de:

  • Depressão, desânimo
  • Auto-estima rebaixada
  • Agitação, nervosismo
  • Falta de iniciativa, dificuldade de tomar decisões
  • Ansiedade, angústia, insegurança
  • Transtorno do Espectro do Autismo - TEA
  • Problemas da Comunicação
  • Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade - TDAH
  • Transtornos de Aprendizagem
  • Dislexia, disgrafia, disortografia, discalculia
  • Atrasos e distúrbios de desenvolvimento
  • Distúrbios de atenção, memória e concentração


Avaliações


IAvaliação Neuropsicológica

A avaliação neuropsicológica constata a existência e avalia a magnitude de alterações cognitivas através de uma análise quantitativa e qualitativa das principais funções mentais superiores (percepção, visuoconstrução, habilidades visuoespaciais, atenção, memória, linguagem, raciocínio lógico, organização, abstração, planejamento, humor e comportamento). Auxilia no diagnóstico médico neurológico ou neuropsiquiátrico, assim como norteia o prognóstico, as indicações e readequações terapêuticas e medicamentosas.

IIAvaliação Psicológica

Investiga as condições afetivo-emocionais, de estrutura de personalidade, de desenvolvimento da sociabilidade e as decorrentes implicações no contato com a realidade.

IIIAvaliação Fonoaudiológica

Em consonância com os estudos mais recentes no campo das neurociências e das disciplinas ligadas à comunicação, utiliza testes e protocolos próprios para investigar as eventuais dificuldades para a aquisição e desenvolvimento das linguagens receptiva e expressiva (verbal, gestual e escrita); complementando, indica os potenciais da pessoa, definindo as estratégias específicas com o paciente e também as estimulações ambientais necessárias à ampliação da capacidade comunicativa.

IVAvaliação Neuropedagógica

A partir das manifestações apresentadas pelo paciente e através de protocolos e testes específicos, é feita uma avaliação detalhada dos aspectos cognitivos, auditivos, visuais e de compreensão que fazem parte do processo de aprendizado da leitura e escrita, considerando a etapa evolutiva da pessoa e as expectativas decorrentes das demandas escolares ou ocupacionais.

VAvaliação dos Transtornos do Espectro do Autismo (TEA)

Sendo a prevalência dos TEA cada vez mais abrangente, e considerando-se a importância de diagnosticar precocemente o risco para um transtorno neurodesenvolvimental, a avaliação clínica integra o uso de protocolos internacionais para determinar a gravidade dos sintomas, mas também testes e procedimentos específicos de base neurodesenvolvimental, necessários para compreender os comportamentos, o desenvolvimento e o funcionamento de pessoas com particularidades de desenvolvimento. A avaliação especializada é indispensável para a elaboração do projeto terapêutico individualizado, bem como para a orientação às famílias que buscam melhores condições de comunicação e interação com a pessoa em dificuldade.




Tratamentos


AIntervenção precoce em TEA e Transtornos do Neurodesenvolvimento

Utilizamos uma abordagem de origem francesa e de natureza neurodesenvolvimental, sendo seus efeitos positivos confirmados por estudos científicos clínicos e de neuroimagem cerebral. Nesta perspectiva, na Terapia de Troca e Desenvolvimento, o enfoque central é dado à comunicação e à reciprocidade entre terapeuta e paciente, mas também ao desenvolvimento das funções neuropsicológicas, tais como a atenção visual e auditiva, a percepção, a comunicação e o contato, desde a idade mais precoce, e que permitem ao paciente desenvolver de modo o mais natural possível as capacidades de base: comunicar, interagir com o outro, estar atento, imitar, adaptar-se ao ambiente.

BTerapia Psicológica ou Neurodesenvolvimental

Através de intervenção individual ou em grupos, o objetivo é possibilitar o desenvolvimento global da pessoa, em seus aspectos motores, intelectuais, emocionais e sociais, considerando os fatores internos mas também a influencia do meio ambiente. O trabalho terapeutico através dos métodos RAMAIN e DIA-LOG permite uma harmonização e reestruturação neurofuncional, uma melhor condição de expressão das potencialidades da pessoa.

CCentro de Integração Socioprofissional (CIS)

Programa de ações estratégicas para a promoção da empregabilidade de pessoas com Deficiência Intelectual e/ou Psicossocial que se encontrem em dificuldade para ingressar e permanecer no mercado de trabalho.
O programa é dividido em 4 etapas, realizado individualmente ou em grupo:
• Orientação vocacional
• Orientação profissional
• Orientação de carreira
• Emprego apoiado.

DPrograma de Adaptação e Desenvolvimento Psicossocial (PADP)

Considerando a inclusão de forma abrangente, esse programa prepara a pessoa para sua integração, ou reintegração, como sujeito ativo na sociedade, levando em conta as dificuldades de interação que puderam obstruir essa participação plena e efetiva. O trabalho se realiza através de dinâmicas de grupos integradas à diferentes vivências comunitárias, com objetivo de ampliar os conhecimentos da sociedade e de seu espaço na mesma, dos bens socioculturais, financeiros, de transporte e comunicação, favorecendo o nível de informação e o domínio do espaço urbano.

EPrograma de Acompanhamento Intensivo e Sistemático aos Pais (PAIS)

Considera os fatores ambientais através de um programa psicoeducativo específico: Programa de Acompanhamento Intensivo e Sistemático aos pais - PAIS, através do qual os diversos interlocutores dos ambientes nos quais o paciente convive serão orientados: grande família, escola, meios comunitários, entre outros, a fim de dimensionar qualitativamente as interações mais próprias à evolução do mesmo.

FIntervenção Neuropedagógica

Esta proposta visa ampliar as conexões entre as principais áreas cerebrais, envolvidas na compreensão numérica e da linguagem, para o enfrentamento das dificuldades de aprendizagem e dos problemas específicos de leitura e escrita: disgrafia, disortografia, dislexia.

GIntervenção Fonoaudiológica

Despertar e desenvolver as capacidades comunicativas e de aprendizagem através de exercícios estruturados e da relação terapêutica particular embasado nos conceitos das neurociências.

HIntervenções Online

Os programas de intervenção precoce vêm ganhando uma ampliação efetiva através das intervenções online. Baseado nos princípios neurodesenvolvimentais e relacionais, a estimulação neurofuncional ganha uma nova dimensão através de um programa integrado que atua através de atendimento sistemático aos pais, supervisão aos profissionais e escolas, favorecendo o desenho de um atendimento individualizado e adequado às necessidades específicas de cada paciente.

São programas para ampliação da qualidade de vida: avançar para tornar possível onde não seria; onde os recursos de assistência personalizada às crianças portadoras de transtornos do neurodesenvolvimento ou mais particularmente de TEA, são restritos ou mesmo inacessíveis.

Espaço Motrix

Realizado por André Schliemann


Aulas individuais de 30 a 60 minutos de duração objetivando o desenvolvimento das habilidades motoras, cognitivas e afetivas. Atendimento combinado com outra terapia ou independente.

André Schliemann é bacharel em Educação Física (FEF-UNICAMP), especialista em Aprendizagem Motora (EEFE-USP) com pós-graduação em Educação Física e Esporte e mestrado em Ciências (EEFE-USP).

Agende uma Visita
11 5575-7051